Arquivo para agosto, 2013

Mais

Posted in Poemas on 07/08/2013 by Geraldo Maciel

O tempo vai passar e nós vamos deixar que o mundo se afogue em sua própria inveja ao mesmo tempo em que as pessoas acreditam que servem pra alguma coisa.

O mundo é isso e só o nosso mundo importa pois ele nos pertence e traremos pra cá só o que for válido pra nós.

Então que se fodam as armas as pedras e as flores que atirarem sobre nós já que tudo ruirá e restaremos.

Sobras de um universo imperfeito somos muito mais do que qualquer história que puderem contar.

Somos nossa história – a maior de todas – que nenhum escritor ousou criar mas que precisávamos escrever em nossos corpos.

A tinta escorre sobre sua pele e mistura-se ao sangue que corre e faz a própria pele pulsar descontroladamente.

A tinta escorrerá sobre nós e abrirá nossos poros tornando tudo eterno mas não imutável porque sempre seremos mais.

Deixemos o mundo e o tempo passarem – eles não existem mais a não ser como um conceito abstrato e agora irrelevante.

Somos nossos corpos e tudo que eles abrigam e que nos torna nosso tudo desde que descobrimos ser.

E com incontáveis bombas jogadas do alto dos prédios de nossa cidade acabaremos com o que houver escapado da passagem do furacão.

Olharemos a destruição e sorriremos sabendo que somos os últimos e que valemos mais que tudo.

Anúncios