Dou-te meu poema

Dou-te meu poema

para que o sigas aonde quer que ele vá

para que ele o siga aonde quer que vás

 

Dou-te meu poema

porque sei que és um pássaro

porque sei que rasgará os céus

 

Dou-te meu poema

para que ele gravite em torno de ti

para que ele se alimente de tua órbita

 

Dou-te meu poema

porque podes estar em quaisquer céus

porque posso não mais ver onde estás

 

Dou-te meu poema

para que ele nasça sendo teu

para que ele encontre teu ninho

 

Dou-te meu poema

porque ele nasceu sendo teu

porque ele tem seu ninho em ti

 

Dou-te meu poema

para que saibas e

porque sabes

 

Dou-te meu poema

para que ele seja

porque és

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: